terça-feira, 8 de junho de 2010

Alguns exemplos do que não se deve perguntar numa entrevista de emprego

Responder com rapidez e segurança a todas as questões que nos são feitas, nem sempre é suficiente para "impressionar" o entrevistador. Mas é preciso ter muito cuidado quando decidimos ter um papel mais "ativo" neste processo, pois há perguntas que não devem mesmo ser feitas ou, pelo menos, que devem ser feitas mais tarde.
Para facilitar, selecionamos uma lista de questões que não deverá fazer durante uma entrevista de emprego.



1. O que faz esta empresa?

2. O plano de saúde da empresa engloba consultas psiquiátricas?

3. É casado?

4. Pode garantir que ainda estarei empregado no próximo ano?

5. O anúncio de emprego mencionava que o período de trabalho é aos fins de semana. Terei mesmo que trabalhar nesses dias?

6. Como pode determinar as minhas qualificações numa entrevista tão curta?

7. As pessoas reparam quando se entra tarde ou sai cedo da empresa?

8. O que lhe pareço como candidato?

9. Qual é o signo do presidente da empresa?

10. A empresa oferece estacionamento?

11. O que significa "o trabalhador pode ser recolocado em outras instalações ou em outra cidade?"

12. A empresa reembolsa o trabalhador do dinheiro que este gastou a tirar um MBA?

13. Como são os planos de aposentadoria na empresa?

14. Qual a probabilidade de ser promovido rapidamente?

15. De quanto é quanto tempo terei aumento?

16. Qual será o valor dos meus aumentos?

17. Qual o reembolso que terei para o automóvel?

18. Quais os extra-salariais que terei?

19. Terei sala própria?

Nenhum comentário:

Postar um comentário