sábado, 18 de agosto de 2012

Prof. Marcelo Clemente, ministra Palestra Motivacional na Empresa CBA - Alimentos

Dia 17 de agosto, o Prof. Marcelo Clemente ministrou a Palestra Motivacional a cerca de 50 colaboradores da empresa CBA - Alimentos (unidade São Paulo).



A palestra entitulada: T.P.M para todos, é sempre um sucesso, pois com humor e conteúdo iinformativo de qualidade, o Prof. Marcelo Clemente, coloca o foco da palestra no bem estar e na qualidade de vida dos colaboradores, bem como na questão dos relacionamentos interpessoais. 

A marca CBA, em todo o Brasil, é líder absoluta no mercado de cestas de alimentos e cestas de natal.





 Com tanta experiência no mercado de benefícios, a marca CBA estendeu-se às outras modalidades de Benefício Alimentação,   oferecendo serviços nos formatos de Cestas de alimentos, Cestas de Natal, Cartão Alimentação, Cartão Refeição e Refeições Coletivas. Hoje, é a única no país, a oferecer todas as Soluções em Benefício Alimentação.
Na área de cestas produz hoje, cerca de 750 mil unidades por mês, em todo o país. 

Confira abaixo as fotos da palestra: T.P.M para todos, minsitrada pelo consultor Marcelo Clemente:





                                                             Momentos de socialização.






                                  Descontração e bom humor - vitais para o aprendizado sgnificativo.


                                            Prof. Marcelo Clemente e gestoras da unidade.

terça-feira, 13 de março de 2012

O RH e a Pedagogia Empresarial


A Pedagogia é definida como a Ciência e a Arte da Educação. Ciência, quando através de observação e experimentação, investiga, analisa, sistematiza e define qual deve ser o objetivo, o foco da educação; e Arte quando define a execução, aplica e põe em prática de maneira pertinente, o resultado das investigações das teorias conhecidas pelo pedagogo, para atingir os objetivos educacionais.

A Pedagogia estabelece aquilo que se deve fazer, estuda os meios de realizá-lo e põe em prática aquilo que concebeu. O pedagogo - especialista em Pedagogia - tem o papel de conduzir o comportamento das pessoas em direção aos objetivos da educação, o processo de formação da personalidade humana equilibrada.

No entanto, a Pedagogia se entrelaça de maneira inteligente e eficaz à empresa, pois tanto a empresa como a pedagogia, age em direção a realização de idéias e objetivos definidos, no trabalho de promover mudanças no comportamento das pessoas. Esse processo de modificação no comportamento chama-se aprendizagem. E aprendizagem é a especialidade do pedagogo.

Levando em consideração que o estabelecimento empresarial é a associação das pessoas que serve para a estruturação de um espaço educativo, em torno de uma atividade com objetivo definido e, portanto, com um espaço também aprendente, cabe à Pedagogia a busca de estratégias e metodologias que garantam uma melhor aprendizagem/apropriação de informações e conhecimentos tendo sempre como pano de fundo a realização de idéias e objetivos precisamente definidos.

A Pedagogia Empresarial existe, portanto, para dar suporte tanto em relação à estruturação das mudanças quanto em relação à ampliação e à aquisição de conhecimento no espaço organizacional. O pedagogo empresarial "promove a reconstrução de conceitos básicos, como criatividade, espírito de equipe e autonomia emocional e cognitiva." (Lopes, 2006: 74).

Nesta perspectiva, as responsabilidades dos especialistas em pedagogia empresarial são:

Conhecer e encontrar as soluções práticas para a otimização da produtividade profissional;
Conhecer a fundo e trabalhar de acordo com os objetivos da empresa onde trabalha;
Conduzir com treinamentos os funcionários e dirigentes que trabalham na empresa, na direção dos objetivos humanos, bem como os definidos pelo empreendimento;
Promover treinamentos, eventos, reuniões, festas, exposições, enfim, atividades práticas necessárias ao desenvolvimento integral das pessoas, motivando-as positivamente (processo educacional), com o objetivo de aperfeiçoar a produtividade pessoal;
Aconselhar de forma pertinente, sobre as condutas mais eficazes das chefias para com os funcionários e deste para com as chefias, com o objetivo de favorecer o crescimento da produtividade da empresa;
Favorecer/conduzir um bom relacionamento entre os membros da empresa, através de ações pedagógicas, que garantam harmonia, e conseqüentemente, estimulando a produtividade.

A Pedagogia no âmbito empresarial se consome basicamente com os conhecimentos, as habilidades, as competências e as atitudes tidas como necessárias à melhoria da produtividade. Confirmando esse olhar de Pedagogia Empresarial, Almeida (2006:06) afirma que o foco desta é "qualificar pedagogos e administradores para atuarem no âmbito empresarial, visando aos processos de planejamento, capacitação, treinamento, atuação e desenvolvimento do corpo funcional da empresa".

Uma questão ainda em aberto é: onde o pedagogo empresarial pode atuar? Almeida (2006:07) lista várias áreas, tais como:

- coordenações de ações culturais em gibitecas, brinquedotecas, parques temáticos, fundações culturais, teatros, parques e zoológicos;

- desenvolvimento de Recursos Humanos em empresas;

- direção e administração de instituição de ensino;

- elaboração de políticas públicas visando a melhoria dos serviços à população em autarquias, hospitais e governo nas tarefas municipais, estaduais e federais;

- gestão e desenvolvimento de conselhos tutelares, centros de convivência, abrigos e organizações não governamentais.

O RH e a Pedagogia Empresarial

Autoras: Charlyne Pinheiro da Paz e Taise Neves Carvalho
Fonte: http://www.pedagogia.com.br/artigos/rhpedagogiaempresarial/

A Contribuição do Pedagogo Empresarial para o Desenvolvimento do Capital Humano nas Organizações


As mudanças no cenário das organizações, em plena era do conhecimento, tem influenciado o comportamento dos profissionais que precisam buscar o desenvolvimento de capacidades, agilidades e criatividades para melhor desempenhar as suas atividades na área em que atuam.

É premente a adaptação às mudanças, a inovação e a tomada de decisões estratégias devem fazer parte da dinâmica das organizações. E estas, precisam estabelecer processos empreendedores que favorecerão o seu crescimento no mercado globalizado. Para isso, precisam investir na formação continuada de seus profissionais de forma a impulsioná-los a garantir a apropriação de conhecimentos e práticas voltadas a potencializar o capital humano na empresa.

Chiavenato, ressalta que "o capital humano é o patrimônio inestimável que uma organização pode reunir para alcançar a competitividade e o sucesso". (2008:p.53)

Compreende-se então, que o treinamento e a educação profissional, tem como finalidade melhorar o desenvolvimento do potencial humano na empresa.

Nessa perspectiva, com o aperfeiçoamento das habilidades e conhecimentos dos funcionários sobre as atividades exercidas no meio organizacional, haverá ganhos significativos, não apenas para o colaborador, mas para a empresa, que fortalecerá a conquista de suas metas e objetivos.

De acordo com Chiavenato "O treinamento é uma maneira eficaz de delegar valor às pessoas, à organização e aos clientes. Ele enriquece o patrimônio humano das organizações". (1999, p. 294)

Enquanto que Ribeiro, evidencia que:

tanto a educação como o treinamento constituem-se como processos intercomplementares (nunca excludentes) cujo objetivos buscam muito mais do que acumular técnicas ou conhecimentos, mas, acima de tudo, promover mudanças de atitudes mais amplas (que ultrapassam os limites do ambiente de trabalho). (2008: p.65)

Em meio a constante aprendizagem no meio organizacional, surge o pedagogo empresarial, que aparece como o condutor dos processos relacionados à construção do saber prático e da educação como veículo do desenvolvimento humano e social, a ser empregado no cotidiano das organizações. Portanto, ele será o formador de opiniões, voltado à valorização do ser, imbuído de percepções que motivará o colaborador a aprender e empreender no contexto das suas ações laborais.

O pedagogo empresarial, vai além da compreensão de aspectos teóricos, favorece o rompimento de paradigmas, e desse modo propicia ao colaborador na empresa, ultrapassar seus próprios limites, a partir do exercício de suas capacidades.

Ribeiro, destaca que cabe ao pedagogo empresarial desenvolver uma sensibilidade e capacidade perceptiva para apreender a aprender em que medida estes traços culturais subjazem às atividades de treinamento e, ainda, como minimizar o impacto destes nos comportamentos dos treinandos e instrutores, buscando alternativas de controle mais precisas sobre expectativas e demandas nos diferentes setores organizacionais. (2008: p.87)

Percebe-se, que o treinamento favorece ao colaborador o uso das suas potencialidades, que neste caso, o pedagogo empresarial, atuará na geração de incentivos oportunos ao desenvolvimento das capacidades criativas dos profissionais no âmbito da empresa.


Fonte:http://www.pedagogia.com.br/artigos/pedagogoempresarial/
Autora: Rejane Lucena

Compreendendo a Pedagogia Empresarial


Pedagogia empresarial designa as atividades de estímulo ao desenvolvimento profissional e pessoal realizadas dentro das empresas.

A Pedagogia e a Empresa fazem um casamento perfeito. Ambas tem objetivo semelhante em relação às pessoas, principalmente nos tempos atuais.

Uma Empresa sempre é a associação de pessoas, para explorar uma atividade, liderada pelo empresário, pessoa empreendedora, que dirige e lidera aquela atividade com o fim de atingir ideais e objetivos também definidos.

A Pedagogia é a ciência que estuda e aplica doutrinas e princípios visando um programa de ação em relação à formação, aperfeiçoamento e estímulo de todas as faculdades da personalidade das pessoas, de acordo com ideais e objetivos definidos.

Tanto a Empresa como a Pedagogia agem em direção à realização de ideais e objetivos definidos, no trabalho de provocar mudanças no comportamento das pessoas. Esse processo de mudança provocada, no comportamento das pessoas em direção a um objetivo, chama-se aprendizagem e aprendizagem é a especialidade da Pedagogia e do Pedagogo.[1]

As responsabilidades do pedagogo empresarial incluem:

Conhecer as soluções para as questões que envolvem a produtividade das pessoas humanas, o objetivo de toda Empresa.
Conhecer e trabalhar na direção dos objetivos particulares da Empresa onde trabalha.
Conduzir as pessoas que trabalham na Empresa, dirigentes e funcionários, na direção dos objetivos definidos, humanos e empresariais.
Promover as condições necessárias (treinamentos, eventos, reuniões, festas, feiras, exposições, excursões), para o desenvolvimento integral das pessoas, influenciando-as positivamente (processo educativo), com o objetivo de otimizar a produtividade.
Aconselhar, de prefêrencia por escrito, sobre as condutas mais eficazes das chefias para com os funcionários e destes para com as chefias, a fim de favorecer o desenvolvimento da produtividade empresarial.
Conduzir o relacionamento humano na Empresa, através de ações, que garantam a manutenção do ambiente positivo e agradável, estimulador da produtividade.

A formação do Pedagogo Empresarial é oferecida em cursos de especialização e mestrado, por diversas instituições de ensino superior. Os cursos são reconhecidos pelo Ministério da Educação - MEC.

Várias empresas instituiram programas de treinamento e desenvolvimento de pessoas, o processo pode ser através da criação de uma Universidade Corporativa.
Referências


Fonte: Ministério da Educação - MEC. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/sesu/arquivos/pdf/resolucao12001.pdf
http://pt.wikipedia.org/wiki/Pedagogia_empresarial

domingo, 22 de janeiro de 2012

DIVULGAÇÃO/CURSO LIBRAS EACH|USP 2012

DIVULGAÇÃO/CURSO LIBRAS EACH|USP 2012



A partir de 20/01 estarão abertas as inscrições para o CURSO DE LIBRAS
(GRATUITO) oferecido na USP leste. O curso terá uma carga horária de
40h e aberto para toda comunidade interessada(professores da rede
pública e privada profissionais da área da saúde, militares,
profissionais liberais, familiares com casos de surdez na família e
outros), além dos docentes, funcionários e alunos da USP.
Serão oferecidos 150 vagas e caso o número de inscritos supere as
vagas será realizado um sorteio. O curso foi bem avaliado, pela
comunidade e a cada nova turma as inscrições superam nossa
expectativas. Na última turma tivemos 7.661 inscritos para 80 vagas
(95,76 cand/vaga) o que mostra a grande demanda para o curso.

Maiores informações: www.librasnaciencia.com.br ou
https://sistemas.usp.br/apolo/apoObterCurso?cod_curso=860400046&cod_edicao=11001&id_periodo=&id_modalidade=4